sexta-feira, setembro 18, 2020
Home Destaque Extra e Pão d...

Extra e Pão de Açúcar preparam ofertas e novidades para a 17ª semana nacional do pescado

 Pescados e frutos do mar possuem altos valores nutricionais, e na 17ª Semana Nacional do Pescado, no Extra e no Pão de Açúcar, o que não faltará são opções de produtos para provar e adicionar à rotina alimentar. Até o dia 17 de setembro, peixes frescos, congelados, secos salgados e frutos do mar especiais poderão ser encontrados nas unidades de ambas as bandeiras em todo o Brasil.

Dentre as ofertas do Pão de Açúcar os principais destaques são filé de Polaca Alaska (R$ 28,99 o kg ou R$ 25,99 o kg para clientes do programa de fidelidade Pão de Açúcar Mais), camarão sem cabeça cozido Fisgo (R$ 52,99 – 350g ou R$ 46,99 – 350g para clientes Pão de Açúcar Mais) e o Filé de Tilápia congelado Qualitá (R$ 28,99 – 300g ou R$ 25,99 – 300g para clientes Pão de Açúcar Mais).

Nessa edição, o Pão de Açúcar também segue com sua estratégia pioneira de incentivar o consumo de pescados não-convencionais. Espécies como Pargo-Rosa, Olhete, Sororoca, Carapau e Xaréu são algumas das apostas da rede.

Já na rede Extra, pela fácil digestão e alto valor biológico, este ano os produtos de peixaria estão inclusos no Festival Bem-estar, que foca em itens que podem impactar positivamente a saúde e o estilo de vida do consumidor de forma prática. Entre as ofertas para o público em geral estão lascas de Bacalhau dessalgadas congeladas Riberalves (R$ 17,99/500g), peixe salgado tipo Bacalhau Ling (R$ 52,99/Kg) e camarão descascado cozido e congelado Qualitá (R$ 44,99/400g).

 

Garantia de qualidade

O Pão de Açúcar e o Extra mantêm um entreposto exclusivo para o recebimento de pescados frescos e outro para congelados e secos salgados de todo o Brasil e importados. Com o compromisso de fazer um trabalho diferenciado nas peixarias das lojas das duas redes, desde a escolha dos fornecedores, qualificados e certificados, até o respeito ao meio ambiente e às espécies, tudo é pensado para que os consumidores tenham à disposição os melhores e mais saborosos pescados para uma alimentação rica, saudável e com segurança alimentar.

Para chegarem sempre frescos à mesa do consumidor, todos os pescados passam por um rigoroso processo de inspeção atendendo a todas as legislações da cadeia de pescados (tamanho mínimo de captura, épocas de defeso, espécies ameaçadas de extinção, Registro Geral de Atividade Pesqueira, entre outras) respeitando a manutenção dos recursos pesqueiros e ao meio ambiente em toda a cadeira de abastecimento, acompanhado pelo Serviço de Inspeção Federal (SIF), do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Além de comercializar produtos que têm a certificação ASC (Aquiculture Stewardship Council), órgão que monitora toda a cadeia produtiva, garantindo processos e práticas responsáveis.

Cristiane Guimarãeshttps://naoperdenao.com.br/
Cristiane Guimarães é Comunicadora Social com habilitação em jornalismo e atua há mais de 20 anos no mercado. Apaixonada pela profissão é colunista social, produtora e assessora de imprensa. O blog é uma junção de tudo que ama e que acha válido de ser compartilhado. Seja bem-vindo a esta página que festeja a sua presença! Entre em Contato: [email protected]

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisment -
  • Android e muito mais

Postagens Populares

Presidente da AMIF partic...

Adriana Maugeri está entr...

Programa Trilha de Sexta ...

Cantores e bandas indepen...

Fundação CDL seleciona es...

A bolsa-estágio para quat...

Live streaming – O ...

O Jardim Secreto de Taís ...

Comentários Recentes